Batata Sauté Simples


Batata Sauté Simples

Batata Sauté Simples

A fragrância da salsa e cebolinha, com a cremosidade da manteiga, o sabor da cebola e a textura da batata crocante e macia por dentro, fazem deste acompanhamento uma das melhores pedidas para qualquer grelhado ou assado, além disso é uma receita de Batata Sauté simples de preparar.

Esse deliciosa guarnição tem história, seja no nome , seja na cultura, seja no costume. O nome sauté e suas variações “abrasileiradas”, sotê e soute vem do francês sauté que significa saltear , ou “pulou, saltou” em referência a jogar para o alto durante o cozimento.

Demorei um tempo até acertar a mão no ponto exato do cozimento da batata e no tempo de contato com a manteiga, mas depois que peguei o jeito, babau, fica sempre muito bom. Vou te ensinar aqui nessa receita

 

Batata Sauté Simples

Tempo de PreparoTempo de CozimentoTempo TotalPorçõesAutor
5 minutos35 minutos40 minutos4Léo Aguiar

Receita
Ingredientes:
  • 5-6 batatas médias
  • 1/2 ramo de salsa e cebolinha
  • 1/4 de cebola grande ou 1/2 de cebola pequena cortada bem fininha
  • 1 cs de manteiga
  • 1 cc de azeite de oliva
  • Sal à gosto
  • Pimenta do reino à gosto
Modo de Preparo:
Batata Sauté Simples Fig1

Batata Sauté Simples Fig1 – Pedaços pequenos

  • Corte as batatas em quadrados pequenos.

Tirei a foto ai de cima para você ter certeza do tamanho. Pode fazer com corte maior, mas eu particularmente gosto assim, e como a receita é minha, vou indicar do meu jeito também kkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Cozinhe as batatas com sal e água

Esse ponto é muito importante. Não deixe cozinhar demais , caso contrário esqueça a receita e faça um purê. hahahahaha

  • Teste o cozimento espetando sem resistência as batatas. Se cortou no tamanho que indiquei, em média levará em torno de 15-20 minutos
  • Escorra as batatas e deixe esfriar um pouco.

Esse ponto também é importante. Batatas quentes , quebram mais facilmente

Batata Sauté Simples Fig2

Batata Sauté Simples Fig2 – Manteiguinha no ponto

  • Coloque a manteiga e o azeite em uma frigideira grande que seja possível acomodar todas as batatas sem que fiquem umas sobre as outras. Todas as batatas precisam encostar no fundo da frigideira para tostar.

Você também deve estar se perguntando porque eu tirei uma foto de manteiga borbulhando na frigideira. Bem , porque quero ter certeza que você saberá o ponto certo de colocar as batatas. Não deve queimar muito a manteiga. Quando começar a borbulhar, está na hora

Batata Sauté Simples Fig3

Batata Sauté Simples Fig3 – Tostando as Batatinhas

  • Mexa com cuidado e vire – as após 3 minutos.
  • Repita essa etapa mais 2 vezes.
Batata Sauté Simples Fig4

Batata Sauté Simples Fig4 – Colocando a cebola bem fininha

  • Sabe aquela cebola que você cortou beeeeeeeeeeeem fininha? Então, está na hora de colocá-las.
  • Deixe a cebola tostar um pouquinho
Batata Sauté Simples Fig5

Batata Sauté Simples Fig5 – Cebolinha para terminar

  • Adicione a pimenta do reino, a salsa e a cebolinha.
  • Mexa salteando as batatas (lembra do sauté???) e sirva imediatamente.

Sinta o cheirinho na sua cozinha. Perfume de comida boa no ar. Que delícia de prato.

Veja a história de como aprendi esta receita:

Lembro de batatas sauté da minha infância quando minha mãe fazia para acompanhar o strogonoff. Ela fazia menos crocante do que a minha, mas não menos gostosa. A manteiga derretida , misturada com a salsa e cebolinha e o molho do strogonoff é algo que até hoje me enche a boca só de pensar. Estou salivando kkkkkkkkk.

Lembro também que era fácil de se preparar, não levava muito tempo e normalmente mamãe fazia aos domingos.
Ela chamava de batatinha rápida, mas depois associei à sauté pois a maneira de preparar era praticamente a mesma.

Tentei fazer algumas vezes e virou um mingolê só . Que ????? mingolê? É ! Esse é o nome que eu dou quando algo fica feio, amassado, mole e sem uma forma definida, quase sempre sem gosto definido também.

Esse mingolê era resultado de cozinhar a batata por muito tempo, quase desmanchava ao pegar com o garfo. Quando colocava a batata muito cozida na manteiga quente, e começava a mexer juntamente com a salsa e cebolinha, virava o tal do mingolê.

Para resolver esse problema, passei a cozinhar menos a batata e quando coloco na frigideira, deixo quietinha sem mexer. O resultado é a deliciosa casquinha mais crocante na batata.

Aí ficou show e a minha receita , daí pra frente, foi sempre feita assim.

 

Banner Artesanato Gourmet Temperou

MENU