Picadinho de Carne com Legumes


Picadinho de Carne com Legumes

Picadinho de Carne com Legumes

Neste novo post da seção “TEMPERA VOCÊ” , publico a receita enviada pela minha querida irmã, Picadinho de Carne com Legumes que hoje mora loooooonge , bem loooooonge da nossa terra, mas sempre que pode, manda receitas maravilhosas e criativas.

Da ultima vez que nos encontramos, tive a oportunidade de comprar curry tailândes em pasta, xarope de pimenta malagueta,  e também uma mostarda adocicada que fez muito sucesso por aqui.

Um dia desses ela me passou esta receita de ensopadinho que fazem por lá, que parece com o nosso, mas utiliza alguns ingredientes diferentes.

Me pareceu bastante original, flexível, prático e saboroso. Vamos à receita da Priscilla, minha querida irmã. Ahhhh Pri, quando ler este post, não se esqueça de reservar uns 3 pacotes de Wasa Integral para me mandar.

Comidinha do dia a dia, bem caseira e colorida. Picadinho de carne com Legumes é rápido , simples e parece com a comidinha da vovó

 Picadinho de Carne com Legumes

Tempo de PreparoTempo de CozimentoTempo TotalPorçõesAutor
10 minutos15 minutos25 minutos3Léo Aguiar

História da Priscilla:

Eu não me lembro quando comi esse prato pela primeira vez, porque esse negócio de misturar legumes com verduras e carne é uma coisa corriqueira aqui na Suécia, prato do dia a dia, até mesmo nas escolas. Aí no Brasil tem uma variante que chama jardineira não é ??? Só que se usa mais a cenoura , chuchu, vagem, tudo picadinho bem pequeno…

Na “jardineira” deles aqui , que chamam de Gryta, pode usar a criatividade, e tem gente que até coloca castanha, amendoim, coco em pedaços, frutas e etc…

Apesar de prático e rápido , posso te dizer que muita gente te convida em casa pra jantar e serve uma Gryta de tirar o chapéu, ou seja Picadinho de Carne com Legumes. O Strogonoff por ex, não deixa de ser uma Gryta.

Tenho uma amiga no trabalho que nasceu na Letônia, o russo é sua língua materna. Ela chama de Stroganoff , com “a”, e diz que não é em realidade um prato , mas sim a forma como se corta a carne… Eu também já li, que o prato leva o nome do patrão do cozinheiro que o fez pela primeira vez e que por usar dentadura, a carne era cortada pequena.

De qualquer maneira a maioria das jardineiras aqui na Suécia, leva o creme de leite fresco como ingrediente final, sendo o Strogonoff aí do Brasil, nada mais nada menos, que uma Gryta para os suecos, ou seja Picadinho de Carne com Legumes e Creme de Leite.

Receita:

Para o preparo, pode-se usar o que tem em casa, aplicando a criatividade. Pode fazer com temperos diversos dando um toque indiano, chinês, tailandês e por aí vai… O melhor de tudo é a economia de água e energia pois vai tudo em uma panela só.

Essa foto foi tirada hoje, e levou filézinho de boi alcatra, brócolis, pimentão vermelho, cogumelo fresco, feijão e azeite.

O cogumelo você pode usar o que quiser mas o fresco é melhor pois tem um sabor diferente dos típicos  “em conserva”. Cada tipo de cogumelo fresco também te sua particularidade. Use o que achar melhor.

O feijão pode ser qualquer um, porém não recomendo o preto, mas isso depende de cada gosto, aqui eu compro a caixinha para facilitar, vem cozido e sem tempero. Fica gostoso com grão de bico também, já fiz e fica bom.

Com relação à carne, pode-se usar diferentes tipos como filé de frango, filézinho suíno, salmão, camarão e etc….

A idéia desse prato é facilitar a vida, quando eu faço demoro mais ou menos 30 minutos. Isso incluindo o arroz branco como acompanhamento.

Os ingredientes não devem ser cortados muito pequenos, pois a idéia é justamente facilitar a vida. Além disso os legumes devem ficar crocantes e com cores vivas.

Modo de Preparo:

A carne deve ser frita primeiro no fogo alto, 3 min de cada lado (mais ou menos). A partir daí deve-se pingar água até cozinhar bem.

Deixe secar bem antes de colocar os legumes, para que eles fritem primeiro ao invés de cozinhar.

Em seguida se adiciona mais água ou creme de leite. A quantidade depende de cada um, mas vale lembrar que quanto mais água, menos sabor no caldo. Deixe ferver um pouco e pronto. Ao final do cozimento, não se esqueça de engrossar o caldo com farinha de trigo.

 

Banner Artesanato Gourmet Temperou

MENU